domingo, 14 de agosto de 2011

8 coisas de como era a internet de antigamente

A internet era bem diferente do que você costuma ver nos dias de hoje.
Nada de Facebook, Twitter ou Colheita Feliz. E sabe? Aqueles eram tempos felizes. Tudo era novidade. Certo, talvez eu esteja sendo vitima de excesso de nostalgia…

1.  Computador era coisa de rico:

É, isso daí tem que ficar bem claro: Antigamente você tinha que ter bala na agulha pra ter um computador. Tanto pra bancar o aparelho em si, quanto a internet. É por esse motivo que lan houses e centros comunitários com sistemas Linux eram tão comuns. Era foda, sempre um se gabava da sua incrível Geforce 128bits, de seu HD 80 Gigas e de que sua máquina rodava Postal 2 e neguinho chorava porque tinha um positivo do Show do Milhão. Se você tinha um PC, filas de amigos cercavam sua casa como se alguma imagem de Virgem Maria tivesse surgido.

 

2. Borboleta do MSN:

O ícone do MSN era uma borboleta colorida, que ficava junto de dois carinhas (ou pinos de boliche, como quiser chamar) girando e batendo asa loucamente. Até que um dia ela… desapareceu. Assim como o nome MSN. No entanto, todos ainda falam MSN e não “Windows Messenger”. Imagina só? “Dá aí o endereço do seu Windows Messenger”, nem dá, né?

3. ICQ:

É, agora você tem Skype, Chat do Facebook, GTalk e uma infinidade de programas de mensagens instantâneas, mas lá pro inicio do milênio (olha que poder na frase!) era escasso e MSN era coisa de fresco! Pra quê usar a borboleta se você pode usar a florzinha?… De qualquer forma, por muito tempo, o ICQ lutou firme até a chegada do MSN 7.0 que fez o mundo dele cair. Bem, você ainda pode encontrar algumas almas penadas por lá. Ou não.

4. Bate Papo Uol:

Antes daquilo virar um antro de monstros fazendo putaria virtual ou batendo uma na webcam, você podia realmente conhecer gente com gostos em comum. Aquilo lá, atualmente, parece um castelo abandonado com fantasmas arrastando correntes, mas há muito tempo atrás as salas bombavam. Rolava a galera buscando o amor de suas vidas, aqueles que diziam que o Game Cube ia superar o Playstation 2 e a galerinha do RPG Online. Ótimas memórias naquelas salas! Inclusive, até hoje tenho amigos que fiz por lá. Me lembro de quando eu não tinha internet e ia pro curso de informática só pra acessar esses chats. Voltava para casa me achando o Don Juan. Sintam vergonha de mim! Foi nesse tempo que conheci o Raphael “Kenshin” Davis, e somos amigos até hoje. Incrível, huh?

5. Baixar coisas no Kazaa:

Quem hoje em dia usa esses programas? Limeware, Shareaza, Kazaa… Todos eles sucumbiram frente aos Megauploads e 4Shareds da vida. Muita gente usava o Kazaa numa internet discada merreca, puxando a trilha sonora do GTA Vice City ou alguma música dos anos 80. Era coisa de 1 hora para baixar uma mera mp3 que, às vezes para imensa infelicidade do coitado, vinha com defeito, como terminar no meio da música. Agora, pauleira mesmo era botar um clipe pra baixar e no fim você descobrir que pegou um pornô com animais. Choros. Enfim, que era gratificante no fim gravar um CD de áudio com 14 músicas e colocar no seu discman imenso, era. (Enquanto escrevia esse item, ouvia um CD gravado naquele tempo. Nostalgia a mil!)


6. Um emoticon para cada letra do alfabeto:

Uma das coisas que fez do MSN tão popular, foram essas bodegas de gifs animados. Agora você vê muitos emoticons de memes ou caras de pessoas, mas naquele tempo, isso era muito avant-garde. A onda era caçar em sites por aí a fora o emoticon ideal e mais glitteroso para sua letra, alem das risadas e dos bonecos web2000 dançantes. Aí já viu, né? Com aquela carroça de internet, esse carnaval de letras levava um ano para abrir e ler se tornava a tarefa mais difícil do mundo. Pelo menos dava para travar o computador dos outros com aquela saraivada de imagens! Volta e meia, não apareciam alguns e aí você tinha que se esforçar para entender o que “T d b m ? “ significava.

7. Warcraft 3, Mu, Counter Strike, Ragnarok e GTA Vice City:

Muitos, mas MUITOS donos de lan house ficaram ricos com isso. Neguinho virava noite jogando. Foi o vicio de muita gente. Exercito de Zumbis no Warcraft, PKs no Mu, HS no CS, Kina no Ragnarok… É, as pessoas criavam um milhão de siglas para os jogos. Pessoalmente, minhas melhores lembranças são com GTA Vice City. Como esquecer da Emotion 98.3 e de caçar na internet as diversas histórias sobre o passado de Tommy Vercetti?

8. Baixar e salvar em disquetes:

Como eu odiava essas porcarias de plástico! Não tinham espaço para nada e andar com uns 10 disquetes ainda era pouco. Precisava ser formatado toda vida e ainda te deixavam na mão! Como ainda imposto de renda é feito nisso? Espera… Como alguém ainda tem entrada para disquete em seus computadores!? Meu amor por essa tecnologia, no fundo, é bandido: Por motivo de utilidade, eu odeio. Por lembrança, eu amo. Sou um vadio. Pen drive pra quê?

Voce tambem pode gostar de:

Um comentário: